Navegação

Patrícia Lomonaco – Psicologa

banner logo com escrito 'patrícia lomocao psicologa'

Banner 1

banner com significado de shantala e foto de uma pessoa com uma criança

Banner 2

banner com significado de shantala e foto de uma mulher com uma criança

Banner 3

banner com significado de shantala e foto de uma mulher com uma criança

Posts

Próximos Cursos em Grupo – Maternidade São Luiz

Postado por em 23:00 em Cursos, Posts | Nenhum comentário

Estão abertas as inscrições para os próximos cursos de Shantala e Ofurô em grupo.

A Shantala é uma massagem de origem indiana, feita por pais em seus bebês. Dentre os benefícios, ela alivia cólica, melhora sono e proporciona um momento delicioso que aumenta o vínculo entre estes.

Próximas datas: 18/11 e 9/12 (datas de 2016 ainda a definir!)

Local: Hospital e Maternidade São Luiz (Itaim)

Horário: 19h15 as 21h30 

No dia do curso vocês aprenderão sobre: história e origem da massagem; benefícios, como preparar o ambiente, qual óleo utilizar, idade indicada, melhor horário do dia, posturas do cuidador, sequência de movimentos (será entregue um “Passo a Passo”) e ofurô.

Inscrições: contato@massagemshantala.com.br ou (11)30401649 – vagas limitadas.

Este curso é indicado para casais gestantes, de preferência no último trimestre gestacional. Caso você queira fazer o curso com o seu baby, recomendamos fazer o curso individual em domicílio. Para mais informações sobre este, envie seu bairro, idade gestacional ou do bebê e telefone para contato para patricia@massagemshantala.com.br

Bjinhos e #shantalaneles

Patricia Lomonaco, Virgínia Walton e Gabriella Demarque

 

Medicina Ayurveda e a Massagem Shantala

Postado por em 17:50 em Outros, Posts | Nenhum comentário

A massagem Shantala tem origem Indiana, com influência da medicina Ayurveda e da Atha Yoga. Durante as aulas, muitas pessoas me perguntam o que é medicina Ayurveda e sobre a massagem Ayurvédica, por isso resolvi fazer um breve post de introdução ao tema.

A medicina Ayurveda tem foco na cura e prevenção, e começou na Índia há mais de 6 mil anos. Em sânscrito (língua falada na Índia) ayur significa vida e veda significa conhecimento ou ciência. Portanto, AYURVEDA = CONHECIMENTO ou CIÊNCIA DA VIDA.

A Ayurveda percebe o ser humano de maneira holística, onde mente e corpo são interligadas e que o desequilíbrio em uma dessas partes pode causar prejuízo na outra e vice-versa. Por isso que é tão importante cuidar da nossa saúde física quanto da nossa saúde mental!

A medicina Ayurveda orienta o cuidado da mente através da meditação e o cuidado do corpo através de: yoga, massagens ayurvédicas, hábitos alimentares e hábitos de vida, tudo isso com o intuito de alcançar nosso equilíbrio, ou como diria a medicina Ayurveda, para alcançar o equilíbrio dos nossos doshas (Vitta, Kapha, Vata) – Para quem não se adapta a meditação, a terapia com um(a) psicólogo(a) é uma ótima opção para cuidarmos do nosso estado emocional e mental.

A massagem Ayurvédica é uma vigorosa massagem que estimula os músculos e a circulação, liberando as toxinas presas aos músculos e tecidos através do toque. Também propicia realinhamento postural, alivia tensões e fortalece o sistema imunológico. Tudo isso permite que o corpo absorva melhor os nutrientes e fique mais saudável.

O conceito e os movimentos da Shantala são baseados nos valores da medicina Ayurveda, só que os movimentos da Shantala são mais suaves. Esta é muito conhecida e traz vários benefícios para os recém-nascidos e bebês, mas também pode ser feita em crianças e adultos.

A influência da Atha Yoga na Shantala está principalmente nos movimentos finais de alongamento das perninhas e dos bracinhos. Vejam que impressionante esta foto em que a Shantala está alongando a perna e o braço do Gopal.

Movimento à la Cirque du Soleil, a perna dele fica retinha:

Medicina Ayurveda e a Massagem Shantala

E na foto abaixo a Shantala está alongando as perninhas do Gopal. Apelidei este movimento de “Perninha de Índio”

Medicina Ayurveda e a Massagem Shantala

Eu amo o olhar “relax total” do Gopal nesta foto.

A qualidade das fotos não é das melhores, pois, essas são as fotos originais do livro do Fredeck Leboyer, da década de 70. Mas independentemente disso, eu acho que são as mais lindas. Vale a pena conferir o livro!